COMANDO MILITAR DO LESTE REALIZA SOLENIDADE DE PASSAGEM DE COMANDO

Rio de Janeiro (RJ) – No dia 26 de abril, aconteceu, no Salão Nobre do Palácio Duque de Caxias, a passagem do cargo de Comandante Militar do Leste, do General de Exército Walter Souza Braga Netto ao General de Exército Júlio Cesar de Arruda .

À frente do Comando Militar do Leste (CML) desde 2016, o General Braga Netto liderou os militares dos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo em importantes e sensíveis momentos. Além de Interventor Federal na Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, cargo que acumulou com o de Comandante do CML, conduziu todas as operações de garantia da lei e da ordem (GLO) nesse período, incluindo a segurança dos Jogos Olímpicos Rio-2016.

Mineiro de nascimento, o General Braga Netto logo adotou o Estado do Rio de Janeiro, onde trabalhou mais da metade de sua carreira. Em seu emocionante discurso, relembrou fatos relevantes de sua gestão, como a integração dos órgãos de segurança pública do Estado, a capacitação das forças policiais e a complexa gestão da segurança dos Jogos Olímpicos, entre outros. Em suas palavras, homenageou os cinco heróis tombados em combate sob seu comando em 2018, durante ações contra o crime organizado.

Tendo assumido o cargo de Chefe do Estado-Maior do Exército, em Brasília, o General Braga Netto afirmou que está plenamente realizado e confiante ao passar o Comando do CML para um soldado com a qualidade profissional, humanidade e dedicação do General Arruda.

Além de autoridades dos Poderes Legislativo e Judiciário, prestigiaram a cerimônia o Ministro de Estado da Defesa, General de Exército Fernando Azevedo e Silva; e o Ministro da Cidadania, Osmar Gasparini Terra. Conduzida pelo Comandante do Exército, General de Exército Edson Leal Pujol, à transferência do cargo fizeram-se presentes, também, representantes de várias instituições públicas e privadas, além de antigos Ministros de Estado e de Tribunais Superiores, antigos Comandantes do Exército, bem como diversos integrantes do atual Alto-Comando do Exército, perfazendo um total de aproximadamente 650 pessoas.Fonte: CML